Juízes ativistas da Itália pressionam Salvini por combate à imigração ilegal

Idiomas:

Português   English   Español
Juízes ativistas da Itália pressionam Salvini por combate à imigração ilegal
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um inquérito aberto contra o vice-premiê da Itália corre no Tribunal dos Ministros de Catânia, mas depende de autorização da Câmara Alta para seguir adiante, já que Salvini, também senador da República, tem foro privilegiado.


Matteo Salvini, que também é Ministro do Interior, está sendo alvo de juízes esquerdistas que abriram investigação contra ele por “sequestro, abuso de poder e prisão ilegal” no caso do navio Diciotti, que passou cinco dias bloqueado na Sicília com mais de 150 imigrantes ilegais a bordo.

A Junta para Imunidade Parlamentar do Senado da Itália deu a Salvini sete dias para se explicar pessoalmente. O parecer será dado pela Junta, formada por 23 senadores de todos os partidos, e votado em plenário, informa a “ISTOÉ“.

O caso pelo qual o vice-premiê da Itália é investigado ocorreu em agosto do ano passado, quando a embarcação Diciotti, pertencente à Guarda Costeira Italiana, transportou 177 imigrantes ilegais a partir do Mediterrâneo Central.

Ao chegar no Porto de Catânia, o navio foi bloqueado por ordem de Salvini, que queria forçar outros países da União Europeia a acolherem os deslocados internacionais.

A proteção das fronteiras italianas e o controle da imigração ilegal descontrolada foram as principais bandeiras do político direitista durante a última campanha eleitoral na Itália.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...