PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Justiça analisa denúncias de laranjas do Pros no DF

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Os gastos milionários do Pros com candidatos que tiveram votação pífia nas eleições de 2018 estão na mira do Ministério Público e da Justiça Eleitoral.

A direção nacional do Pros destinou mais de R$ 5 milhões em material gráfico a 33 concorrentes a deputado distrital que, juntos, conquistaram apenas 11,9 mil votos.

O levantamento dos dados foi feito com base nas prestações de contas entregues ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Muitos dos candidatos do partido no Distrito Federal negam ter recebido o volumoso apoio da sigla e acusam a direção da legenda de desviar os recursos.

O suposto esquema do partido se deu por meio da transferência de materiais gráficos para os candidatos, com gasto médio de R$ 172 mil para cada um dos 33.

Os itens foram custeados por recursos públicos dos Fundos Partidário e de Financiamento Especial de Campanha (FEFEC).

A quantia supostamente investimento é tão alta que seria possível, por exemplo, estampar por três vezes todos os 1,7 milhão de automóveis da capital com os 6 milhões de adesivos que a legenda diz ter confeccionado, registra o Correio Braziliense.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.