Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Justiça barra decisão do DF de reabrir parte do comércio no dia 11

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Distrito Federal permite reabertura de lojas de moveis e eletrodomesticos
Imagem: Renato Araújo/Agência Brasília
COMPARTILHE

Magistrada pede que o governador do DF apresente dados sobre o planejamento para a retomada das atividades.

A reabertura de serviços não essenciais durante a pandemia de coronavírus foi suspensa, nesta quarta-feira (6), pela 3ª Vara Cível do Distrito Federal

Acatando uma ação civil pública do Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho e do Ministério Público no Distrito Federal e Territórios, a juíza titular Kátia Balbino de Carvalho Ferreira ordenou a suspensão do planejamento de reabertura de parte do comércio.

A suspensão é voltada para a abertura de novas atividades, sem apresentar impacto naquelas já definidas pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) como essenciais.

A reabertura do comércio estava prevista para acontecer no dia 11. 

Como noticiou a RENOVA, Ibaneis e o presidente da República, Jair Bolsonaro, conversaram, nesta terça-feira (5), sobre a volta do comércio em meio à pandemia de coronavírus.

A magistrada pede que o governador do DF apresente dados sobre o planejamento para a retomada das atividades em uma visita amanhã ao Palácio do Buriti, sede do governo, destaca o portal UOL.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.