- PUBLICIDADE -

Justiça bloqueia R$ 76 milhões do petista Luiz Marinho

- PUBLICIDADE -

A Justiça Federal determinou o bloqueio conjunto de 76,1 milhões de reais do petista Luiz Marinho, de outras 15 pessoas e de quatro empresas em ação civil de improbidade administrativa.

Os envolvidos são acusados de se beneficiarem de supostas irregularidades nas obras do Museu do Trabalhador, informa o “Estadão”.

A decisão, em tutela de urgência, é do juiz Carlos Alberto Loverra, da 1.ª Vara Federal de São Bernardo.

Em denúncia oferecida pelo MPF em 2017, os réus foram acusados de formar um conluio para fraudar a concorrência promovida pelo município administrado por Marinho, para definir a empresa que construiria o tal museu.

Segundo os procuradores, para esconder a suposta fraude, os réus teriam usado a empresa de fachada Construções Incorporações CEI Ltda., inserindo cláusulas de restrição à competitividade no edital e apresentando uma “proposta-cobertura” em nome das empresas Construtora Cronacon Ltda. e Simétrica Engenharia Ltda.

A licitação, concluída em apenas um dia, foi vencida pela empresa Construções e Incorporações CEI, registrada em nome de “laranjas”, de acordo com o MPF.


PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -