Justiça denuncia Atlético-PR por gesto em apoio a Bolsonaro

Idiomas:

Português   English   Español
Justiça denuncia Atlético-PR por gesto em apoio a Bolsonaro
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Irregularidade apontada na denúncia do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) diz respeito ao fato de o Atlético não ter recebido aval da CBF para executar a ação antes do jogo, e não pelo apoio a Bolsonaro.


STJD denunciou o Atlético-PR pela ação com camisas amarelas antes da partida contra o América-MG, dia 6 de outubro, pela 28.ª rodada do Brasileirão.

A punição, que poderia resultar até em perda de pontos na disputa, aponta – em caso de condenação – a aplicação de multa ao Furacão.

A camisa continha ainda a frase “Vamos todos juntos por amor ao Brasil”. O slogan tem sido usado por apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL), candidato à presidência.

Antes da partida, o presidente do Atlético, Mario Celso Petraglia, declarou apoio pessoal ao candidato nas redes sociais. Repetiu a dose neste fim de semana.

A ação com as camisas amarelas aconteceu um dia antes da votação do primeiro turno das eleições 2018. Além da camiseta utilizada somente nesta oportunidade, a diretoria do clube alterou uma faixa fixa da Baixada, trocando a palavra “Furacão” por “Brasil”.

A irregularidade apontada na denúncia do STJD diz respeito ao fato de o Atlético não ter recebido autorização da CBF para executar a ação antes do jogo – sem menção ao ato político. O regulamento da Série A diz que toda manifestação no gramado deve pedir autorização da CBF com 48 horas de antecedência.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...