Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Justiça dos EUA suspende ordem de Trump para bloquear TikTok

Tarciso Morais

Tarciso Morais

China prefere fechar TikTok nos EUA do que ser forçado a vendê-lo
COMPARTILHE

Juiz argumentou que a administração Trump estava infringindo a liberdade de expressão.

No início de agosto, o presidente Donald Trump assinou um decreto para obrigar a chinesa ByteDance, dona do aplicativo TikTok, a vender a plataforma para uma empresa dos Estados Unidos, argumentando ameaça contra a segurança nacional.

Após estipular um prazo para que a negociação fosse efetuada, uma ordem para bloquear o aplicativo chinês foi feita pelo governo norte-americano na última sexta-feira (18).

No entanto, a proibição de downloads do TikTok nos EUA foi suspensa temporariamente neste domingo (27) por um juiz em Washington

Em sua decisão, o juiz Carl Nichols argumentou que a administração Trump estava infringindo a liberdade de expressão e agindo de maneira caprichosa para prejudicar o popular aplicativo de vídeos.

Caso o juiz tivesse confirmado a decisão de Trump, o aplicativo não poderia mais ser baixado nos EUA a partir desta segunda-feira (28).

Agora, ao menos de forma provisória, Google e Apple poderão manter o TikTok em suas lojas de apps, destaca o jornal Folha.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram