Português   English   Español

Justiça inicia processo que pode levar Cristina Kirchner à prisão na Argentina

Justiça inicia processo que pode levar Cristina Kirchner à prisão na Argentina
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um tribunal da Argentina confirmou nesta quinta-feira (20) uma sentença assinada em setembro para prender preventivamente a ex-presidente Cristina Kirchner, acusada de ter recebido milhões em propinas quando estava no governo.


No entanto, apesar da decisão, Cristina Kirchner seguirá em liberdade por ser senadora e ter foro privilegiado.

A Câmara Federal de Buenos Aires, responsável por analisar os recursos apresentados pelas defesas dos acusados, considerou Kirchner a chefe de uma organização criminosa e ratificou seu processo, que se dará em julgamento oral, assim como o pedido de prisão preventiva que já foi feita pelo juiz Claudio Bonadio e um embargo de uma quantia de 1,5 bilhão de pesos (38 milhão de dólares), registra o “Estadão“.

Desde agosto, quando o escândalo de corrupção veio à tona, a Justiça colheu depoimentos de supostos envolvidos, muitas vezes por meio de acordos de delação premiada.

Entre as acusações estão irregularidades no setor de construção civil e de obras públicas, nos governos de Cristina e de seu marido, o ex-presidente Néstor Kirchner (2003 a 2007), que morreu em 2010, registra o “R7“.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...