Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Justiça manda Flordelis usar tornozeleira eletrônica

Polícia faz buscas em endereços da deputada Flordelis
COMPARTILHE

MP-RJ havia pedido o afastamento deputada federal das funções, o que não foi acolhido pelo juiz..

A Justiça do Rio de Janeiro determinou, nesta sexta-feira (18), o monitoramento por tornozeleira eletrônica da deputada federal Flordelis.

A decisão do juiz Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, também impõe o recolhimento domiciliar noturno da parlamentar.

Flordelis é acusada de arquitetar a morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

Entre as justificativas para imposição da tornozeleira o magistrado ressaltou o “quadro de incerteza acerca do paradeiro da ré Flordelis”.

O juiz destacou ainda a dificuldade de localizar a deputada federal na Câmara dos Deputados.

Nearis citou também o episódio em que uma bomba foi lançada na casa de uma testemunha do caso, no qual a vítima relatou se sentir ameaçada em especial por Flordelis e um dos filhos dela.

O magistrado negou, no entanto, o pedido de afastamento deputada federal das funções, pois considerou que os crimes “imputados a ré Flordelis não guardam relação direta com a função parlamentar”, de uma decisão anterior do Supremo Tribunal Federal (STF).

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários