- PUBLICIDADE -

Justiça rejeita denúncia contra Santa Cruz por ofender Moro

Moro pede à PGR investigação contra presidente da OAB

- PUBLICIDADE -

“Não vislumbro a intenção de o denunciado imputar falsamente crime ao ministro”, disse o juiz na sentença.

O juiz federal Rodrigo Parente Bentemuller, do Distrito Federal, rejeitou, nesta terça-feira (14), uma denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra Felipe Santa Cruz, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), acusado de cometer crime de calúnia.

O episódio diz respeito a ofensas de Santa Cruz contra o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

O presidente da OAB disse que Moro “banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”.

O ataque foi feito em referência ao inquérito da Operação Spoofing, que apura o ataque de hackers contra celulares de figuras públicas.

De acordo com o magistrado, o presidente da OAB extrapolou suas funções, emitindo uma “opinião pessoal” acerca do caso e da conduta do ministro da Justiça.

“Contudo, mesmo com uma fala mais contundente, não vislumbro a intenção de o denunciado imputar falsamente crime ao ministro da Justiça Sérgio Moro”, observou o juiz, segundo o jornal Estadão.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -