- PUBLICIDADE -

Justiça revoga prisão domiciliar de Roger Abdelmassih

Justiça revoga prisão domiciliar de Roger Abdelmassih

- PUBLICIDADE -

Com a decisão, Abdelmassih deve ser levado ao Hospital Penitenciário de São Paulo.

A Justiça de São Paulo revogou, nesta terça-feira (13), a prisão domiciliar de Roger Abdelmassih, condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 mulheres quando era médico.

Antes de ter conseguido sua prisão domiciliar em 2017, Abdelmassih esteve recluso no presídio de Tremembé, localizado no interior de São Paulo.

Nesta mesma terça, a Justiça paulista transferiu Acir Filló, outro detento de Tremembé que durante o cumprimento de sua pena escreveu um livro contando os bastidores do presídio, com o título “Diário de Tremembé – o presídio dos famosos”.

O livro dizia em um de seus capítulos que o médico Abdelmassih havia participado de uma trama para fraudar seus resultados clínicos com o objetivo de conseguir sua prisão domiciliar, informa o jornal Folha de S.Paulo.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -