Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Kanye West é totalmente contra o mês da história negra

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Kanye West é totalmente contra o mês da história negra
COMPARTILHE

Mês da história negra “significa construção da supremacia branca”, diz Kanye.

O rapper norte-americano Kanye West teceu duras críticas, nesta quarta-feira (8), ao Mês da História Negra, que é celebrado anualmente em fevereiro nos Estados Unidos.

Em entrevista à revista Forbes, Kanye classificou o mês em questão como uma “pornografia de tortura”:

“Outra coisa, mês da história negra. Isso é pornografia de tortura, porque, quando isso acontece, o que fazemos é que vemos –e, a propósito, se eu tiver essa vibração– esse é o processo e estamos indo para um processo bonito, edificante, divertido e criativo como povo, como a América coletivamente e mostrar ao mundo como somos excelentes.”

Kanye, que quer concorrer à Casa Branca nesta eleição de 2020, acrescentou:

“Mês da História Negra, todos os anos, eles precisam nos lembrar do fato de que não podíamos votar, o que significa construção da supremacia branca. Nossas mentes são maiores do que o TikTok ou Instagram, o que estou tentando influenciar são nossos filhos e a próxima geração.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.