Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Kátia Abreu explica porque retirou assinatura da CPI Lava Toga

Kátia Abreu explica porque retirou assinatura da CPI Lava Toga
COMPARTILHE

Kátia Abreu afirmou, em nota, não ter entendido qual seria o escopo da investigação quando apoiou a medida e disse tentar evitar “uma crise de Poderes neste momento”.

A senadora Katia Abreu (PDT-TO) justificou o fato de ter retirado de última hora sua assinatura para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a atuação do judiciário nos Tribunais Superiores.

Com os pedidos de retirada dela e dos colega Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Eduardo Gomes (MDB-TO), o requerimento de criação da comissão acabou arquivado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Segundo o Congresso em Foco, um trecho da nota da senadora afirma:

“Inicialmente, a senadora acreditava que a CPI investigaria sentenças diferentes para casos semelhantes em todo o país, em todas as instâncias. Mas ela não concorda com o foco no STF. Para a senadora, não é bom para o Brasil e para as instituições abrirmos uma crise de Poderes neste momento.”

O requerimento da CPI, protocolado na última quinta (7) pelo senador Alessandro Vieira (PPS-SE) deixava claro que o objetivo era “investigar o exercício exacerbado de suas atribuições por parte de membros dos Tribunais Superiores do País”.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, negou qualquer envolvimento com o arquivamento da CPI, que foi apelidada carinhosamente de Lava Toga, conforme noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários