Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Kicis quer combater inquérito das fake news subindo hashtags

Tarciso Morais

Tarciso Morais

‘Querem calar soldados de Bolsonaro’, diz Bia Kicis
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

Deputada foi criticada por usuários do Twitter ao pedir impulsionamento de tags contra o STF.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou, nesta quarta-feira (27), que deputados deverão ser ouvidos no inquérito das fake news nos próximos dias.

Todos os parlamentares no radar de Moraes são aliados do presidente da República, Jair Bolsonaro. Eles, no entanto, não foram alvos de mandados de busca e apreensão.

Além dos deputados, o inquérito de Moraes também mira jornalistas, empresários e cidadãos comuns que utilizam as redes sociais.

Enquanto isso, na rede social Twitter, a deputada Bia Kicis (PSL-DF), que é um dos alvos da operação desta quarta-feira, pediu para os apoiadores de Bolsonaro subirem duas hashtags: #CensuraDoSTF e #DitaduradoSTF.

A estratégia de Kicis não caiu bem entre os seus próprios seguidores, que não enxergaram o pedido com bons olhos.

“Deputada, desculpe meu francês, mas chegou a hora de enfiar essas hashtags na bunda, porra”, diz Guilherme Campos.

“Já deu, Bia!! Na boa! Não subo mais tags e nem tampouco vou mais às ruas. Desisto de vcs! Se vcs representantes não nos representam, p/ que servem? Inútil ter vcs ao nosso lado. Deus tenha piedade do povo brasileiro! Cansei!”, diz Edson Júnior.

“Esse negócio de Tag acabou….. Tem que subir o tom no Senado e na Câmara”, diz Alexandre Rovay.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram