Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Kim Jong Un condena manobras militares entre EUA e Coreia do Sul

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Kim Jong Un condena manobras militares entre EUA e Coreia do Sul

O atrito acontece enquanto as negociações sobre o arsenal nuclear de Pyongyang permanecem estagnadas.

A ditadura da Coreia do Norte criticou os planos dos Estados Unidos de realizar um exercício militar conjunto com o vizinho do Sul em dezembro.

O regime comunista de Kim Jong Un considera essas manobras militares um teste de invasão.

No ano passado, o governo Donald Trump cancelou o exercício aéreo combinado com a Coreia do Sul.

No entanto, o porta-voz do Pentágono, David Eastburn, afirmou que, desta vez, os EUA não têm planos de pular os próximos exercícios combinados este ano.

“Temos enfatizado repetidamente que exercícios militares conjuntos nos forçarão a reconsiderar as medidas importantes que já tomamos”, disse Kwon Jong Gun, do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte.

“Nossa paciência está atingindo seu limite”, disse Kwon, citado pela agência de notícias oficial KCNA, segundo a agência AFP.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email