Kim Jong Un demite três militares do alto escalão

Os três principais oficiais do Exército da Coréia do Norte foram retirados de seus postos, disse uma autoridade sênior dos EUA no domingo (3).

A mudança no alto escalão militar da ditadura norte-coreana indica que medidas estão sendo tomadas para que o histórico encontro entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o ditador Kim Jong Un, finalmente possa acontecer.

O funcionário dos EUA, que falou sob condição de anonimato, estava comentando sobre um relatório da agência sul-coreana de notícias Yonhap, segundo o qual todos os três principais oficiais militares do país teriam sido substituídos.

Autoridades norte-americanas acreditam que houve algumas divergências entre os militares sobre as abordagens de Kim para a Coréia do Sul e os Estados Unidos.

Os três oficiais militares demitidos foram identificados pela Yonhap como o chefe de defesa Pak Yong Sik; Ri Myong Su, chefe da equipe geral do Exército Popular da Coreia (KPA); e Kim Jong Gak, diretor do Departamento Político Geral da KPA.

O novos oficiais recém-promovidos são mais jovens que seus antecessores, especialmente Ri Yong Gil, 63, que é 21 anos mais novo que Ri Myong Su.

Ministros da Coreia do Sul se negaram a confirmar as informações. Casa Branca também se recusou em oferecer declarações sobre o informativo.

 

Traduzida e adaptada de Reuters
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia