Kim Kataguiri entra no STF por votação aberta para presidência da Câmara

Português   English   Español
Kim Kataguiri entra no STF por votação aberta para presidência da Câmara
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O deputado federal, Kim Kataguiri (DEM), entrou nesta terça-feira (8) com mandado de segurança preventivo no Supremo Tribunal Federal (STF).

Kim Kataguiri, um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL), pediu ao Supremo para que a votação para a presidência da Câmara dos Deputados seja por meio de voto aberto, e não secreto, como ocorre normalmente.

O jovem deputado foi eleito para o seu primeiro mandato na Câmara, mas já anunciou que será candidato à presidência da Casa.

Além do pedido para que a votação seja aberta, o movimento político de Kim também passou a pressionar a candidatura do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia — colega de partido de Kim — pelas redes sociais, informa o “IG“.

A estratégia de garantir o voto aberto tem como objetivo enfraquecer a possível reeleição de Maia, o postulante mais forte na disputa, mas que é visto por boa parte da população como um membro da velha política.

Para exemplificar perfeitamente o ponto de vista acima, Rodrigo Maia está, nesta terça-feira (8), no Nordeste, conversando com o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), e com a bancada de deputados do Estado.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...

SIGA A RENOVA