Kim Kataguiri entra no STF por votação aberta para presidência da Câmara

Idiomas:

Português   English   Español
Kim Kataguiri entra no STF por votação aberta para presidência da Câmara
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O deputado federal, Kim Kataguiri (DEM), entrou nesta terça-feira (8) com mandado de segurança preventivo no Supremo Tribunal Federal (STF).


Kim Kataguiri, um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL), pediu ao Supremo para que a votação para a presidência da Câmara dos Deputados seja por meio de voto aberto, e não secreto, como ocorre normalmente.

O jovem deputado foi eleito para o seu primeiro mandato na Câmara, mas já anunciou que será candidato à presidência da Casa.

Além do pedido para que a votação seja aberta, o movimento político de Kim também passou a pressionar a candidatura do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia — colega de partido de Kim — pelas redes sociais, informa o “IG“.

A estratégia de garantir o voto aberto tem como objetivo enfraquecer a possível reeleição de Maia, o postulante mais forte na disputa, mas que é visto por boa parte da população como um membro da velha política.

Para exemplificar perfeitamente o ponto de vista acima, Rodrigo Maia está, nesta terça-feira (8), no Nordeste, conversando com o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), e com a bancada de deputados do Estado.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...