Lagarto com chifre no nariz é reencontrado após mais de 100 anos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Além da extremidade pontuda, essa rara espécie da Indonésia é caracterizada pela camuflagem diante de superfícies distintas.

O explorador Elio Modigliani, da Itália, descobriu o lagarto Harpesaurus modiglianii pela primeira há quase 130 anos, na Indonésia.

O réptil surpreendeu o pesquisador por causa de sua aparência bastante inusitada: ele tinha um “chifre” na ponta do nariz. 

Após esse registro, o animal nunca mais tinha sido visto novamente. 

Este cenário mudou em 2018 após o biólogo indonésio Chairunas Adha Putra se deparar com a espécie enquanto pesquisava aves no norte de Sumatra, uma ilha na Indonésia. 

A descoberta foi publicada na edição¹ de maio de 2020 na revista científica The Journal of Asian Biodiversity.

Putra se deparou com o lagarto morto, tirou fotos e mediu o tamanho e a forma de suas partes do corpo, como o comprimento do chifre do nariz e da cabeça. 

Além da extremidade pontuda, outros elementos caracterizam a espécie, como a cor verde-limão vibrante, projeções espinhosas ao longo de sua espinha dorsal e a camuflagem em superfícies distintas. 

O lagarto A, coletado por Elio Modigliani em 1891, em comparação com o lagarto B, coletado por Chairunas Adha Putra em 2018 | Imagem: Reprodução / The Journal of Asian Biodiversity
Referências: [1]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.