Lama de Brumadinho destrói milhares de hectares da Mata Atlântica

Idiomas:

Português   English   Español
Lama de Brumadinho destrói milhares de hectares da Mata Atlântica
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O rompimento da barragem em Brumadinho, cidade de Minas Gerais, devastou 133,27 hectares de vegetação nativa de Mata Atlântica e 70,65 hectares de áreas de proteção permanente ao longo de cursos d’água.

Os dados são preliminares e foram divulgados nesta quarta-feira (30) pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

De acordo com o órgão, o cálculo foi feito pelo Centro Nacional de Monitoramento e Informações Ambientais (Cenima) a partir de imagens de satélite.

O cenário de dois dias após o rompimento da barragem da mineradora Vale foi comparado com os de 3 e 7 dias antes da catástrofe.

A análise foi realizada no trecho que vai da barragem em Brumadinho até o encontro do rejeito do minério do ferro com o Rio Paraopeba. A destruição total é de pelo menos 269,84 hectares, informa a “Gazeta do Povo“.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque