- PUBLICIDADE -

Lançamento do satélite Amazônia-1 dará projeção ao Brasil

Brasil agora terá autonomia para monitorar melhor os seus diversos biomas.

- PUBLICIDADE -

A Agência Espacial Brasileira (AEB) está em contagem regressiva para o lançamento do satélite Amazônia-1, que acontece na madrugada deste domingo (28). 

O satélite com produção e operação totalmente nacional será enviado ao espaço com uma missão específica: acompanhar de perto a Terra, em especial, a cobiçada região da Amazônia.

O lançamento faz parte da Missão Amazônia que, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), tem por objetivo monitorar áreas desmatadas, agrícolas, além de desastres ambientais.

O satélite será lançado pela Agência Espacial da Índia, em Sriharikota, às 1h54, no horário de Brasília. 

O lançamento será transmitido ao vivo pela Agência Brasil e pela TV Brasil.

Em entrevista exclusiva à Radioagência Nacional, o presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Moura, disse que o momento é de expectativa e também de projeção do Brasil:

“O satélite Amazônia-1, que é um satélite de sensoriamento remoto óptico, vai dar autonomia para o Brasil monitorar melhor os seus diversos biomas, os seus mares, todos os alvos de interesses que nós temos, porque é um satélite que estará sob domínio completo do Brasil.” 

Moura acrescentou:

“É uma tecnologia que foi desenvolvida no país e ela tem a função de complementar o que já é feito hoje com os satélites desenvolvidos em cooperação com a China.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -