Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Lanchonete romana de 2 mil anos é descoberta em Pompeia

Lanchonete romana de 2 mil anos é descoberta em Pompeia
Foto: Reprodução/Parco archeologico di Pompei
COMPARTILHE

As possibilidades de análise dessa lanchonete em Pompeia são excepcionais.

Uma lanchonete de 2 mil anos foi descoberta recentemente no sítio arqueológico de Pompeia, na Itália.  

termopólio era um estabelecimento que vendia o equivalente ao que conhecemos hoje como “comida de rua”. 

O local foi soterrado durante a erupção vulcânica do Vesúvio, que cobriu a cidade italiana e matou seus moradores, em 79 d.C. 

Ânforas usadas para armazenamento encontradas em lanchonete de Pompeia. | Foto: Reprodução/Parco archeologico di Pompei 

Na praça em frente à lanchonete já haviam sido encontrados uma cisterna, um chafariz e uma torre piezométrica, que era utilizada para distribuição de água.  

Em escavações recentes, os arqueólogos encontraram belas pinturas, como naturezas mortas, e desenhos de animais. 

Também foram achados fragmentos de ossos de alguns dos animais representados, sugerindo que as pinturas serviam para identificar os ingredientes dos quitutes vendidos na lanchonete. 

Lanchonete de comida de rua de 2 mil anos é encontrada em Pompeia | Foto: Reprodução/Parco archeologico di Pompei 

Em declaração à imprensa, Massimo Osanna, gerente do Parque Arqueológico de Pompeia, afirmou: 

“Além de ser mais um testemunho do cotidiano de Pompeia, as possibilidades de análise desse termopólio são excepcionais, pois pela primeira vez tal ambiente foi escavado em sua totalidade e foi possível realizar todas as análises que as tecnologias atuais permitem.” 

E acrescentou: 

“Os materiais encontrados foram, de fato, escavados e estudados sob todos os aspectos por uma equipe interdisciplinar composta por antropólogos físicos, arqueólogos, arqueobotânicos, arquezoólogos, geólogos e vulcanólogos. 

Osanna completou: 

“Os materiais serão posteriormente analisados em laboratório. Em particular, os restos encontrados nas dolias (vasilhas de terracota) do balcão apontarão dados essenciais para descobrir o que se vendia e qual era a dieta [dos clientes do termopólio].” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Aparecido
Aparecido
19 dias atrás

Chamava-se Mc Nero. A Vizinhança queixava-se que produzia muita fumaça e cinzas.

PUBLICIDADE