Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Lava Jato acusa site Conjur de publicar fake news

Internet brasileira sai em defesa da Operação Lava Jato
COMPARTILHE

O Conjur (Consultor Jurídico) é uma revista eletrônica especializada em notícias ligadas a temas jurídicos.

A equipe da força-tarefa da operação “Lava Jato”, em Curitiba, publicou, nesta segunda-feira (29), uma nota de repúdio contra uma suposta fake news veiculada pelo site Conjur.

“A força-tarefa repudia a divulgação de informações evidentemente falsas pelo referido veículo”, diz a nota da Lava Jato.

Em matéria publicada na última sexta-feira (26), o site comentou a saída de três procuradores da Lava Jato na Procuradoria-Geral da República (PGR). As informações foram apontadas como falsas pelos membros da força-tarefa.

Confira abaixo a íntegra do comunicado da Lava Jato:

“Diante da fake news divulgada no site Conjur em 26/06/2020, a força-tarefa de procuradores do Ministério Público Federal (MPF) no caso Lava Jato informa que jamais adquiriu o equipamento/sistema Guardião ou qualquer outro equipamento de interceptação telefônica. Todas as interceptações telefônicas realizadas no caso Lava Jato foram autorizadas por decisão judicial e efetivadas exclusivamente pela Polícia Federal.

Também são mentirosas uma série de afirmações feitas na matéria publicada, como a de que houve “distribuição de processos fraudadas”. Todas as distribuições dos processos da Lava Jato em Curitiba são submetidas ao Poder Judiciário e são registradas eletronicamente por meio do sistema E-proc, da Justiça Federal, e do Sistema Único, do MPF.

A força-tarefa repudia a divulgação de informações evidentemente falsas pelo referido veículo.”

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE