Português   English   Español

Lava Jato avançará sobre novos nichos de corrupção em 2019

Lava Jato avançará sobre novos nichos de corrupção em 2019
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Procurador diz que Lula não é o único grande chefe do esquema criminoso investigado pela força-tarefa, como já havia sido afirmado pelo próprio MPF, em 2015, na ocasião da denúncia contra o ex-presidente.


Ao fazer um balanço do ano de 2018 da Operação, o procurador de Justiça Roberson Pozzobon, integrante da força-tarefa da operação no Ministério Público Federal do Paraná, anunciou que o próximo ano reserva novas fases da Lava Jato, com investigações sobre núcleos de corrupção e agentes políticos e empresariais ainda não atingidos.

A perda do foro privilegiado de alguns políticos citados que não se reelegeram e as revelações de que a prática de irregularidades descoberta na Petrobras atingiram outras estatais e outras esferas da administração pública são a razão para que a Lava Jato vá muito além das 57 fases já deflagradas nestes quatro anos de atuação.

Em entrevista ao “Paraná Portal“, Pozzobon disse que 2018 foi o ano em que a Lava Jato mostrou que ainda há muito ainda a ser investigado, que há uma série de fatos ainda a serem investigadas e que a operação ainda caminha a pleno vapor, deixando claro que a Lava Jato está muito além da Petrobras.

O procurador declarou:

A operação tem diversas investigações em curso amadurecidas, então a população pode esperar sim novas fases da operação, fases importantes sobre nichos ainda não navegados. Infelizmente, nichos corruptos do nosso Brasil.

Adaptado da fonte Paraná Portal

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...