Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Lava Jato avançará sobre novos nichos de corrupção em 2019

Lava Jato avançará sobre novos nichos de corrupção em 2019
COMPARTILHE

Procurador diz que Lula não é o único grande chefe do esquema criminoso investigado pela força-tarefa, como já havia sido afirmado pelo próprio MPF, em 2015, na ocasião da denúncia contra o ex-presidente.

Ao fazer um balanço do ano de 2018 da Operação, o procurador de Justiça Roberson Pozzobon, integrante da força-tarefa da operação no Ministério Público Federal do Paraná, anunciou que o próximo ano reserva novas fases da Lava Jato, com investigações sobre núcleos de corrupção e agentes políticos e empresariais ainda não atingidos.

A perda do foro privilegiado de alguns políticos citados que não se reelegeram e as revelações de que a prática de irregularidades descoberta na Petrobras atingiram outras estatais e outras esferas da administração pública são a razão para que a Lava Jato vá muito além das 57 fases já deflagradas nestes quatro anos de atuação.

Em entrevista ao “Paraná Portal“, Pozzobon disse que 2018 foi o ano em que a Lava Jato mostrou que ainda há muito ainda a ser investigado, que há uma série de fatos ainda a serem investigadas e que a operação ainda caminha a pleno vapor, deixando claro que a Lava Jato está muito além da Petrobras.

O procurador declarou:

A operação tem diversas investigações em curso amadurecidas, então a população pode esperar sim novas fases da operação, fases importantes sobre nichos ainda não navegados. Infelizmente, nichos corruptos do nosso Brasil.

Adaptado da fonte Paraná Portal

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários