Lava Jato critica projeto de abuso de autoridade

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Decisões que se resolvem com um recurso ao Tribunal mas querem criminalizar p/ amedrontar e inibir o juiz em caso de poderosos”, disse uma procuradora.

Além dos magistrados, procuradores da República e membros da força-tarefa da Operação Lava Jato no Ministério Público Federal (MPF) criticaram duramente o projeto de abuso de autoridade aprovado, nesta quarta-feira (14), pela Câmara dos Deputados.

Através de postagem no Twitter, Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato no Paraná, comentou que o mesmo processo ocorreu na Itália, no fim da Operação Mãos Limpas.

O procurador Roberson Pozzobon, que também faz parte da Lava Jato, também utilizou as redes sociais para criticar a atuação dos parlamentares nesta questão.

A procuradora Monique Cheker, que foi alvo de reportagens do site panfletário Intercept contendo mensagens hackeadas de autoridades brasileiras, também deixou o seu alerta no Twitter.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.