- PUBLICIDADE -

Lava Jato denuncia Duque por fraudes de R$ 525 milhões na Petrobras

- PUBLICIDADE -

Condenado a mais de 130 anos de prisão, Duque foi um dos primeiros alvos do alto escalão da Petrobras na Lava Jato.

A força-tarefa da operação “Lava Jato” denunciou Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, e Luis Alfeu Alves de Mendonça, ex-dirigente da Multitek, por corrupção e lavagem de dinheiro em contratos celebrados entre a estatal e a empresa de engenharia. 

Em dois anos, o esquema fraudulento teria envolvido a promessa de mais de R$ 5,6 milhões em propina e fraudes estimadas em R$ 525 milhões.

O Ministério Público Federal (MPF) pede que os denunciados sejam condenados a devolver R$ 3,7 milhões, correspondentes ao total dos valores supostamente lavados. 

A força-tarefa da Lava Jato pede ainda que a Justiça determine o pagamento de igual montante em indenização por danos morais à população brasileira, destaca o portal Terra.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -