Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Lava Jato denuncia executivos por suborno milionário

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Lava Jato denuncia executivos por suborno milionário
COMPARTILHE

Pagamentos ilícitos milionários foram feitos para garantir aditivos em contratos de obras da Petrobras.

A força-tarefa da Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná (MPF-PR) denunciou quatro pessoas pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em contratos da Petrobras.

Marcus Pinto Rola, Paulo César Almeida Cabral, Tanel Abbud Neto, executivos da Empresa Industrial Técnica S/A (EIT), e Renato Duque foram os alvos desta nova fase da operação, segundo o site Metrópoles.

A denúncia, cujo sigilo foi levantado nesta segunda-feira (4), aponta que de 2008 a 2010 os executivos da EIT ofereceram e realizaram pagamento de propinas milionárias ao então diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e a Pedro Barusco, ex-gerente de Engenharia ligado à Diretoria de Serviços.

A corrupção buscou garantir a aprovação de aditivos em contratos de obras da Refinaria Abreu e Lima e do Gasoduto Cacimbas-Catu. 

Apenas para um dos aditivos, referente ao contrato do gasoduto, o pedido da EIT alcançou mais de R$ 29 milhões.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.