Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Lava Jato prende auditores ligados ao esquema de Sérgio Cabral

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Sérgio Cabral é denunciado na Lava Jato pela trigésima vez
COMPARTILHE

Nova ação da PF no Rio é mais um desdobramento da operação “Câmbio Desligo”, uma das maiores da Lava Jato no Estado.

A Polícia Federal (PF) desencadeou, nesta quarta-feira (17), a operação “Recorrência” para prender dois auditores da receita estadual do Rio de Janeiro que integravam um braço na Secretaria de Fazenda da organização criminosa chefiada pelo ex-governador Sérgio Cabral.

Através de informações de um sistema de operações de câmbio ilegais, a PF identificou movimentação de altas quantias pertencentes aos auditores.

Agentes cumprem dois mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão temporária, sendo um deles no Rio e o outro em São José dos Campos, no interior de São Paulo

As ordens¹ foram expedidas pela 7ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro.

Os auditores fiscais de ICMS, Allan Dimitri Chaves Perterlongo, ex-inspetor de Substituição Tributária do Estado, e seu então substituto imediato na unidade, Heraildo Schwab Carmo, foram presos² com sucesso pelos agentes da PF.

Eles são suspeitos de enriquecimento ilícito, associado a esquema de favorecimento de empresas sonegadoras de ICMs no Rio.

A operação de hoje é um desdobramento da “Câmbio, Desligo”, uma das maiores da “Lava Jato” desencadeadas contra o esquema de lavagem de propina arrecadada pelo grupo liderado por Cabral.

Referências: [1][2]
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.