Português   English   Español

Lava Jato prende pessoas em SP por desvio de dinheiro no Rodoanel

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Equipes da Polícia Federal estão nas ruas em São Paulo, nesta quinta-feira (21), em mais um desdobramento da Lava Jato.

Estão sendo cumpridos 15 mandados de prisão contra suspeitos de desviar recursos públicos nas obras do trecho norte do Rodoanel Mário Covas.

De acordo com informações da Metrópoles:

Entre os alvos dos mandados está Laurence Casagrande Lourenço. Ele foi presidente da Dersa, estatal responsável pelas rodovias paulistas e, atualmente, preside a Companhia Energética de São Paulo (Cesp). Também ocupou outros cargos importantes no governo de Geraldo Alckmin (PSDB).

A obra já foi investigada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e, segundo a Polícia Federal, há suspeita de fraude, superfaturamento e sobrepreço nos contratos firmados entre a Dersa e as construtoras. Apenas em um dos seis trechos do projeto, as irregularidades passam dos R$ 100 milhões.

 

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações