Português   English   Español

Lava Jato quer limitar acesso de Haddad a Lula na prisão

O candidato derrotado do PT ao Planalto, Fernando Haddad, pode perder o livre acesso que tem ao presidiário Lula na prisão, em Curitiba.

Em manifestação apresentada à Justiça Federal, a Lava Jato indicou que Fernando Haddad agora só deveria fazer visitas como amigo do ex-presidente, não mais como advogado, registra o UOL.

Dessa maneira, os políticos só poderiam se encontrar às quintas em um horário limitado.

O pedido foi apresentado pelo procurador regional Januário Paludo, da força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) na Operação Lava Jato.

Procurada, a assessoria de imprensa de Haddad disse que ele não iria se manifestar.

Em julho, Haddad foi incluído no grupo de advogados de Lula no processo que cuida da execução penal do ex-presidente.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter