Lava Jato recupera quase 15 bilhões do rombo estimado na Petrobras

Foto: Marcelo Sayao/EFE

Os bilhões recuperados pela Operação Lava Jato já alcançam cerca de um terço do valor máximo desviado da Petrobras, segundo os cálculos da Polícia Federal (PF).

Quatro anos depois do início das investigações sobre a corrupção na Petrobras, as cifras previstas nos 194 acordos de colaboração premiada firmados pelo Ministério Público em Curitiba, Rio e Brasília chegam a R$ 2,6 bilhões. Somados os valores previstos nos acordos de leniência (R$ 10,8 bilhões), o total a ser recuperado pela Operação Lava Jato atinge a marca de R$ 13,4 bilhões.

Ainda não é certo o montante desviado pela corrupção na Petrobras. Procuradores da força-tarefa já estimaram o rombo em R$ 20 bilhões.

Em laudo de 2015, no entanto, peritos da Polícia Federal estipularam que os desvios estão na faixa de R$ 6,4 bilhões a R$ 42,8 bilhões, trabalhando com uma margem de 3% a 20% para a majoração excessiva das margens de lucros das contratantes.

No documento, os peritos afirmam que muitos dos contratos foram fechados em percentuais próximos do valor de 20% acima das estimativas de referência da Petrobras.

Sendo assim, o montante recuperado pela Lava Jato já chega a cerca de um terço do valor máximo desviado na estatal, segundo os cálculos da PF.

 

Com informações da Folha

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia