Lava Jato terá mais trabalho em 2019 após políticos perderem foro

Português   English   Español
Lava Jato terá mais trabalho em 2019 após políticos perderem foro
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Com vários investigados não se reelegendo e perdendo a prerrogativa de foro, a força-tarefa da Lava Jato pode voltar a deflagrar diversas operações, como acontecia no início.

No ano em que completará cinco anos, a Lava Jato pode ver o seu trabalho aumentar a partir de 2019.

A investigação, que parece estar chegando a um esgotamento, com menos fases deflagradas em relação aos outros anos, pode voltar a movimentar a carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde ficam os alvos da força-tarefa.

Isso porque mais da metade dos deputados e senadores envolvidos no escândalo não conseguiu se reeleger neste ano.

Ficaram de fora do Congresso figuras como Edison Lobão (MDB-MA), Eunício Oliveira (MDB-CE), Garibaldi Filho (MDB-RN), Jorge Viana (PT-AC), Ricardo Ferraço (PSDB-ES), Romero Jucá (MDB-RR), Valdir Raupp (MDB-RO) e Vicentinho (MDB-TO). Isso para ficar somente nos exemplos do Senado.

A Câmara também está cheia de casos. Todos eles perderam a prerrogativa de serem investigados e julgados pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...