Nova lei impede pedófilos de deixarem a Austrália

No ano passado, cerca de 800 pedófilos registrados na Austrália viajaram para o exterior. Cerca de 40% o fizeram sem informar as autoridades sobre suas viagens. Isso não será mais possível.

Em declaração conjunta, ministros do governo australiano garantem que as novas leis destinam-se a evitar que os infratores sexuais infantis registrados viajem para o exterior para abusar de outras crianças:

Por muito tempo, esses predadores viajaram para o exterior, não detectados, inclusive em países onde a existências de leis mais fracas significam que eles têm a oportunidade de cometer crimes hediondos.

O governo disse que a Austrália tem conhecimento de cerca de 20 mil infratores sexuais infantis que cumpriram suas sentenças, mas estão sujeitos a obrigações de notificação, que ajudam a proteger a comunidade.

 

Com informações de: (1)
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia