Português   English   Español
Português   English   Español

Pai do atleta aprova projeto de lei, mas rejeita apelido “Neymar da Penha”

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Lei "Neymar da Penha" não agradou o pai do atleta

“Ver uma lei ser feita em nome do meu filho, por conta desse lamentável episódio, não me deixa nada feliz”, disse o pai do atleta.

Neymar da Silva Santos, pai e agente do futebolista da seleção brasileira, usou as redes sociais, nesta sexta-feira (7), para dar sua opinião sobre um projeto de lei proposto pelo deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ).

Inspirado no recente escândalo envolvendo o atleta Neymar, o parlamentar do PSL protocolou na Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (6), um projeto de Lei que agrava a pena de denunciação caluniosa de crimes contra a dignidade sexual.

Nas redes sociais, o projeto foi apelidado de “Neymar da Penha”, em referência à Lei Maria da Penha, que combate a violência contra a mulher.

Em mensagem publicada no Instagram, o pai do atleta agradeceu o apoio, mas se distanciou do projeto de lei:

“Agradecemos imensamente o apoio de todos e compreendemos a boa intenção da iniciativa de projeto de lei. Mas, a única coisa que queremos nesse momento é justiça. Ver uma lei ser feita em nome do meu filho, por conta desse lamentável episódio, não me deixa nada feliz.”

Ele acrescentou:

“Ao contrário: meu filho quer apenas a verdade e a paz de volta. As mulheres conseguiram prosperar muito até agora e consideramos a defesa dos direitos das mulheres e as leis que as protegem como fundamentais, a exemplo da Lei Maria da Penha. Assim como também entendemos como importantes as leis que protegem as pessoas de acusações indevidas. Mas, isso não pode ser confundido com o caso do meu filho.”

O jogador é acusado pela modelo Najila Trindade de ter cometido estupro e atos de violência em um hotel de Paris, capital da França, no dia 15 de maio.

Ainda em sua publicação na rede social, segundo a revista Veja, o pai de Neymar completou:

“A única coisa que queremos, no momento, é provar a verdade desse caso, a inocência dele. Se um dia for feita uma lei em seu nome, que seja pela valorização do esporte, pois o futebol é o que move sua vida e a razão pela qual ele é conhecido.”

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: