Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Leopoldo López não pode pedir asilo na embaixada da Espanha

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Leopoldo López não pode pedir asilo na embaixada da Espanha

Leopoldo López, sua esposa, Lilian Tintori, e a filha de ambos, de apenas 15 meses, estão na residência do embaixador espanhol na Venezuela.

O ministro das Relações Exteriores da Espanha, Josep Borrell, disse nesta segunda-feira (6) que o líder opositor venezuelano Leopoldo López não pode pedir asilo político na embaixada da Espanha em Caracas, onde ele está refugiado desde o dia 1º de maio.

Borrell afirmou que López vai permanecer na residência do embaixador espanhol na Venezuela, à qual ele chegou na última terça-feira, 30 de abril, mas sem a possibilidade de apresentar um pedido de asilo.

Segundo o Estadão, o chanceler da Espanha explicou:

“Houve muita confusão sobre as condições nas quais ele estava, se ele tinha pedido asilo. Ficou claro que, de acordo com a nossa legislação, o asilo político só pode ser pedido quando se chega a território espanhol, e isso também vale para Leopoldo López.”

O responsável pela diplomacia espanhola ressaltou que o caso de López é “a situação de uma pessoa amparada e protegida”, o que “impõe uma série de normas lógicas de comportamento”.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email