- PUBLICIDADE -

Leopoldo López se refugia na embaixada do Chile em Caracas

Leopoldo López se refugia na embaixada do Chile em Caracas
- PUBLICIDADE -

Há informações de que Leopoldo López deve pedir asilo político ao governo chileno.

O líder do partido Vontade Popular, Leopoldo López, que se encontrava em prisão domiciliar e foi libertado por militares nesta terça-feira (30), está refugiado na embaixada do Chile na capital Caracas, informa O Globo.

Mais cedo, depois de aparecer com Guaidó conclamando a população e os militares a depor Nicolás Maduro, López afirmou que a oposição tem contatos com funcionários do governo, incluindo integrantes das Forças Armadas, dispostos a abandonar o ditador da Venezuela.

López cumpria uma pena de quase 13 anos de reclusão em regime de prisão domiciliar, acusado em 2014 de tentativa de deposição do governo de forma violenta.

No começo da manhã, López escreveu no Twitter, como noticiou a RENOVA, em sua primeira publicação em dois anos:

“Fui libertado pelos militares sob ordens da Constituição e do presidente Guaidó. Mobilizem-se todos. É hora de conquistar a liberdade”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -