Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Grupos LGBT e pró-aborto unem forças contra governo Trump

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Os principais grupos ativistas pró-aborto e pró-LGBT do mundo uniram forças para tentar impedir o governo Trump de apresentar uma agenda internacional pró-vida em conferência da ONU que será realizada em Nova York nos próximos dias.

A embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, acostumada com a forte pressão por sua defesa contínua de Israel, já disse que não irá ceder à intimidação.

OutRight International e Global Justice Center, dois dos principais lobistas da agenda globalista, estão tentando desestabilizar Bethany Kozma, nomeada por Donald Trump para compor a “Agência para o Desenvolvimento Internacional”. No passado, Kozma expressou sua oposição ao que considera abusos dos movimentos transgêneros.

De acordo com o grupo OutRight, o governo norte-americano não pode dizer que é “uma nação pró-vida”. Eles se queixam, por exemplo, dos cortes de verbas para a organização Planned Parenthood, responsável por milhões de abortos no país, e da decisão de Donald Trump em limitar participação de  transgêneros nas forças armadas.

A reunião da Comissão sobre População e Desenvolvimento começa em duas semanas, e observadores acreditam que muitas das críticas que o governo Trump vem recebendo da mídia tem a ver com sua oposição à agenda globalista.

Desde que assumiu o cargo de presidente, Donald Trump tem lutado para impor uma agenda pró-vida, o que tem causado intensa revolta nos defensores da agenda progressista.

Com informações de: [GP]
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.