Português   English   Español

LGBTQQICAPF2K+ é a nova sigla para representar a comunidade gay

A revista britânica The Gay UK disse que a sigla vem crescendo constantemente desde os anos 1990 por “uma necessidade de se afastar da comunidade gay limitante e englobar qualquer comunidade que se defina como qualquer coisa menos heterossexual ou cisgênero”.

A sigla LGBTQQICAPF2K+ significa:

L – Lésbicas
G – Gays
B – Bisexuais
T – Trans
Q – Queer
Q – Questionando-se
I – Intersexuais
A – Asexuados, Sem Gênero, Simpatizantes
C – Curiosos
P – Panssexuais, Polissexuais
F – Amigos e Familiares
2 – “Dois-espíritos”
K – Kink

De acordo com informações do site Põe na Roda:

No mês passado alguns ativistas dos direitos dos homossexuais no Reino Unido começaram um campanha para adicionar a letra “K” do termo “Kink” a sigla LGBTQ+. “Kink” é um termo da língua inglesa que designa formas de excitação sexual usando maneiras ou artefatos pouco usuais ou comuns.

A nova sigla contêm 12 letras com a adição do “K”, e sempre foi motivo de debate. Apesar de que a maioria dos veículos de comunicação, ONGs, instituições e o público em geral usa a sigla “LGBT” (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros). Em uso desde os anos 1990, o termo é uma adaptação de LGB, que era utilizado para substituir o termo gay para se referir à comunidade LGBT no fim da década de 1980.

LGBT também pode incluir “Q” para “queer” ou “questionamento” (às vezes abreviado com um ponto de interrogação ou sinal de soma (+) e às vezes usado para significar qualquer pessoa não literalmente L, G, B ou T produzindo as variantes “LGBTQ” e “LGBTQQ”.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter