Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Líbano tenta formar novo governo em meio aos protestos

Líbano cancela taxa sobre chamadas no WhatsApp após protestos
COMPARTILHE

O novo governo enfrentará uma grave crise econômica, descrita como a pior do país em décadas. 

A presidência do Líbano anunciou, nesta terça-feira (21), a formação de um novo governo no país. A movimentação tenta colocar fim a um impasse que dura meses.

Uma série recente de protestos levou o primeiro-ministro anterior, Saad Al Hariri, a renunciar em outubro passado, deixando um vácuo de poder.

O primeiro-ministro Hassan Diab, professor na Universidade Americana de Beirute, comanda agora um gabinete de 20 membros.

Em discurso, segundo o jornal Gazeta do Povo, Diab declarou

“Eu fui nomeado diante de muitas acusações. Eu queria trabalhar, não discutir. Eu agi de acordo com a lei que me informava para formar um governo. Eu segui as regras e regulamentos para formar uma nova equipe de ministros.”

O anúncio não deve satisfazer a população, que há meses está na rua contra a corrupção e exigindo profundas reformas políticas no país do Oriente Médio.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE