PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Líder de advogados conservadores acusa OAB de intimidação

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Crime contra a honra é uma coisa. Criticar, é outra”, diz líder dos juristas conservadores.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O presidente da Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil (OACB), Geraldo Barral, criticou o pedido de investigação sobre “possível infração disciplinar” da entidade.

O pedido foi encaminhado na semana passada à Corregedoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pelo presidente Felipe Santa Cruz.

Barral disse que a ação de Santa Cruz é uma “tentativa de intimidar” o grupo de juristas conservadores.

Em conversa com o jornal Estadão, Barral declarou:

“Nós não estamos cometendo nenhum tipo de crime, nem violando as nossas prerrogativas, nem sendo antiéticos. Pelo contrário, estamos tentando ajudar.”

De acordo com Barral, a entidade é composta por “pessoas idealistas e comprometidas com os princípios” ligados à família, à pátria e aos ideais cristãos:

“Crime contra a honra é uma coisa. Criticar, é outra. A gente vai analisar todos os casos, alguns que já encaminharam para a gente nem cabe mais a notícia-crime. Nós vamos trabalhar com casos recentes, de agora em diante. Nós vamos agir dentro da lei.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.