- PUBLICIDADE -

Líder de Hong Kong fala em ‘caminho sem retorno’

Líder de Hong Kong fala em ‘caminho sem retorno’

- PUBLICIDADE -

Alinhada ao regime chinês, a chefe de governo de Hong Kong alertou que a violência dos protestos levará a um “caminho sem retorno”.

A chefe do governo local, Carrie Lam, favorável a Pequim, advertiu que a violência registrada durante os protestos em Hong Kong levará a cidade “por um caminho sem retorno”.

Em uma entrevista coletiva, nesta terça-feira (13), Lam declarou:

“A violência, seja seu uso ou sua justificação, levará Hong Kong por um caminho sem retorno e afundará sua sociedade em uma situação muito preocupante e perigosa.”

E, segundo a revista ISTOÉ, acrescentou:

“A situação em Hong Kong durante a semana passada me faz temer que tenhamos chegado a esta perigosa situação.”

A chefe de Hong Kong defendeu a atuação da polícia e, com a voz embargada, clamou:

“Volto a pedir a vocês que deixem de lado suas divergências e se acalmem. Reflitam e pensem em nossa cidade, no nosso lar. Realmente querem nos levar ao abismo?!”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -