Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Líder direitista destaca papel das redes sociais na vitória de Bolsonaro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Líder direitista destaca papel das redes sociais na vitória de Bolsonaro
COMPARTILHE

Para ex-assessor de Donald Trump, Facebook, Twitter e outras mídias sociais contribuíram para ascensão de líderes direitistas.

Steve Bannon, 65 anos, é um empresário e estrategista político dos Estados Unidos.

Ele trabalhou como executivo da campanha de Donald Trump para a Presidência. Entre novembro de 2016 e agosto de 2017, foi assistente e estrategista-chefe da Casa Branca na gestão do republicano. Demitido, deixou o governo.

Para Bannon, o presidente eleito brasileiro, Jair Bolsonaro, representa o caminho do “capitalismo esclarecido” e levará a uma maior aproximação entre o Brasil e os Estados Unidos.

O estrategista político acredita que o Brasil será um bastião populista nacionalista numa região em que a socialista Venezuela vive uma implosão econômica e o FMI manda na Argentina.

Bannon declarou:

Se não fosse pelo Facebook, Twitter e outras mídias sociais, teria sido cem vezes mais difícil para o populismo ascender, porque não conseguiríamos ultrapassar a barreira do aparato da mídia tradicional. Trump conseguiu fazer isso, Salvini e Bolsonaro também.

Questionado sobre “por que Jair Bolsonaro é o presidente certo para o Brasil neste momento?”, o americano respondeu:

Venho acompanhando a trajetória do capitão Bolsonaro há anos. Declarei apoio a ele porque ele representa patriotismo e liderança em um momento em que a América do Sul passa por uma fase muito difícil. é o tipo de líder que só aparece a cada duas gerações e pode recuperar o país, claramente um populista e nacionalista.

 

Adaptado da fonte Folha
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram