Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Líder do governo critica por Moro por falta de ‘espírito de gratidão’

Líder do governo critica por Moro por falta de ‘espírito de gratidão’
COMPARTILHE

"Não aconteceu desastre nenhum nessas eleições”, diz Barros.

O líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), afirmou, nesta segunda-feira (16), que não concorda com a opinião do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro

No último domingo (15), Moro apontou o “fracasso” de candidatos apoiados pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, nas eleições municipais e exaltou o PSOL

Em mensagem no Twitter, no último domingo (15), Moro declarou: 

“O resultado das eleições municipais foi fragmentado, sem um claro vencedor nacional, o que sinaliza a prevalência do interesse local. Há alguns resultados interessantes, os candidatos apoiados pela Presidência fracassaram e o PSOL tornou-se o partido de esquerda mais relevante.” 

Ao comentar sobre a declaração de Moro, de acordo com o portal UOL, Barros declarou: 

“Não aconteceu desastre nenhum nessas eleições. Lamentável até porque o Moro foi ministro do presidente Bolsonaro. Deveria ter o mínimo espírito de gratidão pelo presidente de ter tido essa oportunidade.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
2 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Capim Elefante
Capim Elefante
11 dias atrás

Me lembro que o Sr. Moro disse que não era político, não entendia nada isso e não possuía pretensões políticas; Ele estava certo e espero que continue com o mesmo assessor de assuntos políticos…

Vicente
Vicente
11 dias atrás

O ego e o desejo pelo poder cegam o homem, Moro não é excessão. É vaidoso, arrogante e não tem humildade em reconhecer que Bolsonaro lhe deu uma chance que nem um outra teria dado. O universo se encarrega de guiar a todos nós.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE