Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Líder do governo na Câmara reforça defesa por nova Constituição

Líder do governo na Câmara reforça defesa por nova Constituição
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
COMPARTILHE

“Não há como bancar todos os direitos incluídos no texto de 1988”, diz Barros.

O deputado Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara, voltou a defender, nesta segunda-feira (4), uma nova Constituição para o Brasil

Em artigo publicado no jornal Folha, o parlamentar diz achar mais “lógico” aprovar uma nova Constituição inteira do que promover “constantes emendas”. 

No texto, Barros afirmou que o governo precisa aprovar neste ano quatro emendas constitucionais:  

“Reformas administrativa e tributária, o pacto federativo e a PEC Emergencial de controle de despesas obrigatórias.” 

Ele acrescentou:  

“Conforme havia previsto o então presidente José Sarney, o Brasil se tornou ingovernável, pois não há como bancar todos os direitos incluídos no texto de 1988.” 

E completou: 

“[A] defesa de ampla reforma constitucional é antiga posição do meu mandato, e não uma diretriz do governo Jair Bolsonaro: há 15 anos, fui um dos signatários da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 447, que tinha esse objetivo.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
7 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Conan
Conan
11 dias atrás

Constituição cidadã o cacete. Foi preparada para trazer e perpetuar a esquerda e todo um stablishment corrupto e vendido ao poder. O povão ignorante fazendo em 1988 um verdadeiro carnaval e gritando por democracia se esquecendo da palavra “liberdade” não se deu conta que os constituintes estavam preparando uma armadilha e agora para jogar essa porcaria no lixo só com uma guerra civil. Os verdadeiros donos do poder, ministros de tribunais superiores, donos de partidos políticos, altos funcionários públicos não vão largar esse osso tão facilmente.

leonardo
leonardo
11 dias atrás

E quem comporia a Constituinte? Seria um atalho para sair de uma constituição ruim para um verdadeiro inferno… Não é, mesmo, o momento.

Herculano
Herculano
12 dias atrás

A volta da constitutição de 1824 era a solução a tudo isso, ave imperio!

Odair Pereira Junior
Odair Pereira Junior
13 dias atrás

Pode até ser mesmo…mas dai é só copiar a dos EUA, e colocar pena de morte automática para, políticos, juízes e membro do estado que se corrompem e cometem crimes contra a nação e a população de bem, e já criminalizar de cara tudo o que é ideologia de Esquerdas!

J4S0N7
J4S0N7
13 dias atrás

Concordo plenamente.!! A constituição de 1988 é uma droga, o PT havia ameaçado de expulsão o parlamentar que apoiasse a então CM, puro jogo de cena, a constituição brasileira ficou do jeitinho que os vermelhos queriam, tanto é que nem Lula e nem Dilma falaram em reformá-la.

Renan
Renan
13 dias atrás

Querem trocar essa constituição por uma pior. Temos que fazer outra constituição mas com outros políticos, não com essa facção que se alojou em Brasília.

lindosgatos
lindosgatos
13 dias atrás

Jura que tem gente que apoia esse tipo de discurso? Covarde e delirante?? Patéticos!!

PUBLICIDADE