Português   English   Español

Líder do Hamas confirma 50 terroristas mortos em Gaza

Destruindo a narrativa de “protestos pacíficos” propagada pela grande mídia, líder do Hamas confirma em entrevista nesta quarta-feira (16) que 50 membros do grupo terrorista morreram nos confrontos com tropas israelenses na Faixa de Gaza.

Um oficial do Hamas disse que 50 dos mortos nos confrontos de segunda-feira (14) com as tropas israelenses em Gaza eram membros do grupo terrorista.

Salah Bardawil disse que das “62 pessoas que foram martirizadas, 50 eram do Hamas”.

O porta-voz das Forças de Defesa de Israel, Jonathan Conricus, compartilhou o vídeo da entrevista no Twitter, apontando-a como prova de que os chamados protestos pacíficos foram orquestrados pelo grupo terrorista.

Minutos atrás, a renomada agência France Press (AFP) confirmou a informação pelo Twitter.

Renova Mídia havia publicado uma matéria no início do dia apontando para pelo menos 24 terroristas neutralizados nos protestos convocados pelo Hamas contra a transferência da embaixada dos Estados Unidos em Israel para Jerusalém.

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter