Português   English   Español
Português   English   Español

Líder do PSL diz que MP está ‘fazendo terrorismo’ com Flávio Bolsonaro

Líder do PSL diz que MP está 'fazendo terrorismo' com Flávio Bolsonaro
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O futuro líder do PSL na Câmara, o deputado federal Delegado Waldir (GO), criticou neste sábado (19) a postura do Ministério Público do Rio de Janeiro em relação ao senador eleito Flávio Bolsonaro.

De acordo com o Delegado Waldir, os promotores são covardes porque, em vez de mostrar um conjunto de provas contra Flávio Bolsonaro, ficam convocando a imprensa para apresentar elementos “a conta-gotas”.

Em conversa com o jornal “O Globo“, o líder do PSL na Câmara afirmou:

“O Flávio não é investigado ainda. O Ministério Público está fazendo terrorismo. Me estranha o Ministério Público trazer provas a conta-gotas. Essa atitude do Ministério Público é covarde. O MP tem que mostrar tudo, mas não pode ficar brincando com a honra das pessoas, não pode desrespeitar os direitos constitucionais das pessoas.”

E, criticando o espetáculo midiático em volta do caso do ex-assessor Fabrício Queiroz, o Delegado Waldir acrescentou:

“Se existe alguma coisa contra o Flávio, que se mostrem os fatos, não pode ficar com essa palhaçada de ações a conta-gotas. O MP chama a imprensa a todo momento e tenta criar um fato.”

O deputado comparou o caso do filho do presidente Jair Bolsonaro ao da Escola Base, em São Paulo.

Na década de 1990, os donos da escola foram acusados de abusar sexualmente de crianças e, depois, ficou comprovado que eles eram inocentes.

Waldir completou:

“Amanhã, se ficar provado que não houve conduta criminosa, quem vai pagar pelo desgaste à honra do Flávio? Quero que o Ministério Público respeite as pessoas. Lembra do que aconteceu com a Escola Base? O Ministério Público não é perfeito, não.”

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...