Português   English   Español

Líder opositora agredida por capangas de Maduro na Venezuela

Líder opositora agredida por capangas de Maduro na Venezuela

A ex-deputada venezuelana María Corina Machado, uma das principais dirigentes da oposição ao regime de Nicolás Maduro, foi agredida por um grupo de capangas que ela afirma serem ligados ao ditador no sul do país.

María Corina – que era a deputada mais votada da Venezuela e foi cassada pelos chavistas – acusou Nicolás Maduro de ser o mandante e chamou a ditadura de “regime criminoso com psicopatas no poder”.

O partido de María Corina, o Venha Venezuela (direita liberal), disse que ela foi alvo de pedras, paus e objetos cortantes em um ato nesta quarta-feira (24).

A agremiação política publicou fotos da ex-deputada ferida e vídeos do tumulto.

Nesta quinta-feira (25), além de acusar o ditador Maduro de ser o mandante, ela disse ter sido seguida por agentes do regime desde que saiu de Caracas.

A ação foi condenada pelos Estados Unidos, a França e a Organização dos Estados Americanos (OEA).

 

Adaptado da fonte Bem Paraná

Deixe seu comentário

Veja também...