Líder socialista não obtém apoio do Congresso da Espanha

Líder socialista não obtém apoio do Congresso da Espanha
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Partido socialista de Sánchez segue negociando um acordo de coalizão com a coligação de esquerda Podemos, que se absteve na votação

O líder socialista Pedro Sánchez não conseguiu obter, nesta terça-feira (23), o apoio do Congresso dos Deputados para exercer um novo mandato como presidente do governo da Espanha.

Na votação realizada na Câmara, Sánchez obteve 124 votos a favor, frente a 170 negativos e 52 abstenções, informa a agência EFE.

A coligação de esquerda Unido Podemos (UP) decidiu abster-se enquanto continua negociando com os socialistas do PSOE para tentar fechar um acordo de coalizão.

A votação de hoje requeria a maioria absoluta da Câmara (176 deputados), mas na quinta-feira, dia 25 de julho, será realizada uma segunda na qual Sánchez precisaria apenas da maioria simples.

A vitória nesta próxima votação será possível se Sánchez conseguir obter o apoio da UP e de outros abstencionistas.

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...