Líder talibã crítica prática de esportes por mulheres no Afeganistão

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Mulheres do Afeganistão não poderão praticar esportes, diz líder talibã.

Um dos líderes culturais do Talibã, Ahmadullah Wasiq, afirmou que o esporte feminino é algo inapropriado e desnecessário.

Em uma entrevista a uma rede de TV da Austrália, a SBS, Wasiq declarou:

“Eu não acho que não será permitido às mulheres jogar críquete, porque não é necessário que as mulheres joguem críquete. No críquete, elas podem estar em situações em que o rosto e o corpo delas não estejam cobertos, e o Islã não permite que elas sejam vistas dessa forma.”

E acrescentou:

“Essa é a era da mídia, haverá fotos e vídeos [de mulheres praticando esportes], e as pessoas poderão assistir. O Islã e o Emirado Islâmico (a forma como o Talibã se refere ao próprio regime) não permitem que as mulheres joguem críquete ou os esportes em que elas ficam expostas.”

As informações sobre a entrevista foram divulgadas em reportagem do jornal britânico The Guardian.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.