Português   English   Español

Liderança globalista da União Europeia ataca Donald Trump

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, criticou duramente o presidente americano, Donald Trump, por se opôr a uma “Europa forte e unida”.

A declaração foi feita durante um discurso em Lodz, na Polônia, neste sábado (10).

“Pela primeira vez na história, o governo americano é pouco entusiasta em relação a uma Europa unida e forte”, afirmou Donald Tusk.

As críticas foram feitas quando Donald Trump estava em Paris, após críticas do presidente dos Estados Unidos contra a ideia defendida por Emmanuel Macron de criar um exército ‘globalista’, conforme noticiou a Renova Mídia.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, também criticou Trump por, há seis meses, na cúpula do G7 no Canadá, ter suprimido “a frase da declaração das sete potências ocidentais que assegurava que respeitássemos a ordem baseada em princípios e valores”.

Além disso, Tusk alertou para a ascensão de um nacionalismo eurocético durante as próximas eleições para o Parlamento Europeu, que ocorrerá em maio do ano que vem.

O globalista declarou:

Neste Parlamento, não podemos descartar a possibilidade de formar duas correntes, uma representada por formações antieuropeias e nacionalistas (…), e outra, por aqueles que estão empenhados numa maior integração o quanto antes na União Europeia.

Semanas atrás, durante a Assembleia Geral da ONU, em Nova York, o presidente norte-americano criticou o globalismo e defendeu os valores patrióticos, como você também viu na Renova Mídia.

Adaptado da fonte AFP

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter