Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Lideranças socialistas da Espanha condenadas por corrupção

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Lideranças socialistas da Espanha condenadas por corrupção
COMPARTILHE

Condenação acontece no momento em que o líder socialista, Pedro Sánchez, negocia para tentar ser designado presidente.

Dezenove ex-líderes socialistas da Andaluzia, região ao sul da Espanha, foram condenados, nesta terça-feira (19), por peculato.

O caso está sendo tratado pela imprensa local como um dos maiores escândalos de corrupção da Espanha moderna.

Em sua decisão, o Tribunal Provincial de Sevilha determinou seis anos de prisão por peculato e 15 anos de inelegibilidade para o ex-presidente regional da Andaluzia, José Antonio Griñán (2009-2013).

Também determinou nove anos de inelegibilidade para seu antecessor Manuel Chaves (1990-2009), líder histórico do socialismo espanhol moderno e um ex-ministro.

Os eventos duraram uma década, entre 2000 e 2010, e giram em torno da administração de um fundo público dotado de 854 milhões de euros, informa o jornal Estado de Minas.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram