Português   English   Español

Lindbergh Farias pede proteção à Polícia Federal

Lindbergh Farias pede proteção à Polícia Federal

O futuro ex-senador Lindbergh Farias (PT-RJ) decidiu pedir proteção à Polícia Federal.

O petista foi citado por Jair Bolsonaro (PSL) em um discurso que o presidenciável fez por telefone, no domingo (21), para seus seguidores na avenida Paulista, em São Paulo.

Bolsonaro disse, dirigindo-se a Lula, que “brevemente você terá Lindbergh Farias para jogar dominó no xadrez”. Afirmou que “esses marginais vermelhos serão banidos de nossa pátria” pois fará “uma limpeza nunca vista na história”, com a polícia fazendo “a lei valer no lombo de vocês”.

Nesta segunda-feira (22), o candidato do PSL deixou bem claro que o discurso inflamado não foi uma ameaça aos seus opositores, conforme noticiado pela Renova Mídia.

Segundo informações da Folha, Lindbergh Farias declarou:

Foi o discurso de um candidato a ditador. A ideia central foi de eliminação do adversário. É um discurso que autoriza a violência. Me preocupo porque no Rio todos os grupos milicianos apoiam Bolsonaro.

Dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT) afirmaram também nesta segunda que vão entrar no STF e TSE contra Bolsonaro por incitação à violência e apologia ao ódio.

Deixe seu comentário

Veja também...